Buscar

Venda em mais locais e nos locais certos - Plataformas para começar a vender Online

Uma das formas de uma empresa vender mais é expandindo os locais onde ela oferece seus produtos ou serviços. A escolha desses locais deve ser bem pensada, buscando analisar seu custo e o possível retorno que ele trará.


1. Ponto físico


Para uma empresa escolher um ponto físico ideal para se instalar e atender seus clientes, deve levar em conta onde o público que ela quer atender está ou costuma ir. Além disso, deve observar também se ele é de fácil acesso, se o fluxo de pessoas é relevante e se há uma boa visibilidade.

vantagens e desvantagens em expandir para um ponto físico. Expandir para uma rua ou avenida movimentada te garante um grande fluxo de pessoas, no entanto não garante que essas pessoas sejam seus potenciais clientes.

Um bom local para uma loja de roupas, por exemplo, é uma rua ou avenida movimentada no centro da cidade. Muitas das vendas realizadas por essas lojas acontecem porque uma pessoa estava resolvendo seus compromissos e ao passar em frente a vitrine da loja viu algo que gostou e entrou para saber se tinha o seu tamanho, outras cores... (e por causa disso a vendedora poderia mostrar outros produtos que ela não viu).

Um outro exemplo são as empresas do setor alimentício, como restaurantes e lanchonetes. Muitos trabalhadores não têm tempo de ir em casa durante a jornada de trabalho e por isso necessitam de um local próximo para se alimentar.

No geral, o centro da cidade é um bom local para a maioria das empresas, pois como no centro há muitos dos mais diversos tipos de empresa, desde comércios a escritórios, há um grande fluxo de todo tipo de pessoas que precisam passar por ali todos os dias. No entanto, se uma empresa não é de um setor que todo mundo compra e não precisa de uma fachada para expor seus produtos, investir em um ponto no centro pode ser mais arriscado devido ao alto preço do aluguel, e por isso é interessante considerar outros locais, observando onde as empresas do mesmo setor e os concorrentes estão.


Porém...

O local onde uma empresa vai oferecer seus produtos ou serviços não se limita só ao ponto físico, conhecido no meio técnico como praça, um dos quatro p’s do marketing, estabelecido por Philip Kotler, a praça não se refere só ao ponto físico onde uma empresa se instala e atende seus clientes, mas sim todo local onde acontece essa troca.


Novos hábitos!!! (ou nem tão novos assim)

Impulsionado pela pandemia, várias pessoas mudaram seus hábitos de compra e passaram a adquirir seus produtos a um toque no celular ou computador, sem sair de casa, por isso a internet se apresenta como solução para que várias empresas conquistem novos clientes e vendam mais.


2. Marketplaces


Dentro da internet há vários canais de venda. Existem os canais das redes sociais, como o Marketplace do Facebook e o Instagram shopping, onde seus produtos aparecem para as pessoas perto da sua localidade. As vantagens de vender por esses canais é que eles aproveitam a audiência dessas redes, a empresa não paga porcentagem sobre as vendas e além disso podem manter um contato por chat através do Messenger com os interessados.

Existem os Marketplaces como o Mercado Livre, OLX, Amazon, e as grandes varejistas brasileiras Magazine Luiza, Casas Bahia, Extra e Ponto Frio e Americanas. A grande vantagem desse canal é que a audiência para começar a vender online está nele. Outra vantagem que pode ser uma desvantagem é que a empresa não precisa se preocupar em estruturar um site do zero. Vantagem porque a empresa não precisa arcar com custos em montar uma estrutura própria e é mais fácil trazer visitantes. Desvantagem pois esses canais não oferecem grande possibilidade de personalização e de utilizar importantes ferramentas de monitoramento. Outras duas desvantagens desse canal é que a empresa precisa pagar uma parte sobre tudo que ela vende e a concorrência é mais acirrada, pois diferentes empresas oferecem os mesmos produtos em uma mesma página do site.


3. E-commerce próprio


Um outro canal que é mais difícil de começar mas oferece o maior potencial para a empresa é um e-commerce próprio. Ele oferece grande possibilidade de personalização e da empresa utilizar ferramentas de marketing que ajudam a conhecer quem é o público alvo, de onde ele vem e como ele se comporta no site. Com isso a empresa pode saber o que está dando certo e o que está dando errado e mudar suas estratégias. Porém, como desvantagem temos a dificuldade em atrair visitantes, dependendo da plataforma os custos de manutenção e o conhecimento que o gestor precisa ter. No entanto, há plataformas que uma empresa pode começar a criar seu site gratuitamente, como o Wix, que também não exige tanto conhecimento técnico sobre programação.


Conta pra gente...

Agora que você conhece a importância de vender em mais locais e nos locais certos, deixa nos comentários: Em qual ou em quais canais a sua empresa está presente? E qual é o próximo canal que você pretende utilizar?


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo